Conheça Nossa Loja Virtual!

Comprar Aqui
Marca Chácara Flor da Suissa 41 3286.4948

27.01.22

Descubra o melhor horário para regar as suas plantas

É importante lembrar que a rega é sempre feita na raiz e não nas folhas

Uma das coisas mais importantes quando se adquire uma planta são os cuidados com ela, especialmente quando se trata de regá-la. Existem certos horários que são mais adequados aguar sua planta para que ela se mantenha bonita e saudável. Confira algumas dicas abaixo:

De modo geral, o certo é regar as plantas na parte da manhã, isso porque durante esse período a planta está com os poros abertos e consegue absorver melhor a água. É recomendado também no final da tarde, pois com o sol mais baixo e o solo fresco, a água pode penetrar melhor no solo.

Nos horários mais quentes, a planta fecha seus poros, assim ela não perde água, mas consequentemente não absorve. Porém, se o único horário que você tem disponível para regar é nesses horários, é melhor regar do que não molhar suas plantas.

Entretanto, é importante não deixar para muito tarde, regar durante a noite pode ser um problema, porque a água pode não evaporar o suficiente e uma atmosfera muito úmida para as plantas pode atrair fungos, bolor e mofo, sem contar que pode atrair lesmas e caracóis, que podem prejudicar as suas plantas e o seu jardim.

Outra coisa a se levar em consideração é o tipo de planta. Algumas necessitam de mais água enquanto outras não precisam de tanta rega, mas sempre tenha em mente que a rega deve ser feita no solo da planta e não nas folhas, pois a umidade também pode causar fungo. É comum as pessoas borrifarem água nas folhas, mas é preciso cuidado para não exagerar.

Para uma planta crescer bem, a raiz dela precisa de água e ar, por isso é importante evitar afogar suas plantas e dar espaço para o liquido evaporar. Antes de regar verifique como está o solo, se está úmido ou não para evitar excesso de água e o apodrecimento da raiz.

Durante o clima muito quente, dependendo da planta, é bom aguar duas vezes, sendo uma de manhã e outra no final da tarde, mas é importante lembrar que plantas não gostam de ficar úmidas o tempo todo, por isso mesmo no calor, é necessário deixar o solo secar. Já no inverno, as plantas perdem menos água, então não é preciso uma rega diária como nos dias mais quentes. Outro fator que também deve ser considerado é o tipo de vaso – os que são de vidro ou plástico retém mais a água, então verificar o solo antes da rega é essencial.

Outro detalhe que poucos sabem, é que mesmo após uma noite de chuva, é necessário verificar se o solo das plantas está úmido, se não tiver, é necessário regar em seguida.

Mesmo com essas regras é sempre bom lembrar que para cada planta precisa de uma rega diferente, algumas gostam mais de água e enquanto outras não precisam de tanta manutenção, por isso é importante ler sobre cada uma delas.

Isso vale tanto para um jardim de folhas verdes, como para um de flores e temperos.

Categorias:

12.01.22

As tendências para 2022 na decoração com plantas

Saiba quais as flores que estarão em alta para o novo ano que se inicia

Por conta da covid-19 e o confinamento, muitas pessoas começaram a investir em plantas para se sentirem próximas da natureza, e muitas delas, se tornaram queridinhas e vão continuar tendência para o próximo ano. Confira as plantas e flores que se tornaram presente na decoração em 2022:

Folhagens verdes: as plantas de baixa manutenção chegaram para ficar. Para aqueles que preferem decorar o ambiente com folhas em vez de flores, algumas delas estarão em alta esse ano, como a Costela-de-adão, que prefere luz indireta e duas a três regas por semana; outra planta é a Zamioculca, que não gosta de luz direta e também prefere duas a três regas por semana; Asplênio também é outra planta que segue com a mesma rotina de cuidado.

Caso queira investir em folhagens, mas não quer abrir mão das cores, Calatheas é uma ótima opção. Suas grandes folhas vêm nas cores rubi e verde. Essa planta gosta de locais de meia sombra.

Flores secas: é mais uma tendência que deve continuar no próximo ano. As flores desidratadas são ótimas para aqueles que preferem decorar a casa com tons mais terrosos. Elas também estarão em alta na decoração em casamentos e eventos. Em arranjos, poderão ser combinadas com ervas aromáticas, como lavanda ou alecrim.

Suportes: Diversos vasos e suportes para plantas serão tendência. Dos mais simples até os modelos de metal. É possível colocar os vasos em diferentes alturas para deixar o ambiente mais moderno.

Outra opção são as mudas de plantas em vasos transparentes para expor suas raízes, o que deixa o ambiente mais delicado.

Plantas grandes: o termo “urban jungle”, em tradução livre, “selva urbana” é uma tendência que também chegou para ficar. Cada vez mais pessoas começaram a investir em plantas maiores com o intuito de deixar o ambiente mais vivo e também para ficarem mais próximos da natureza. O lado bom dessas plantas é que elas também são de fácil cuidado.

Um exemplo, é a Ciclanto, uma planta bem grande com folhas largas, ideal para uma ambiente meia sombra. Outra planta é a Cróton, que com suas folhas coloridas pode chegar até três metros de altura, e em locais internos, é necessário regar apenas uma vez por semana. Ela se adapta melhor em lugares com meia sombra.

Cacto também é outra alternativa. É comum de vê-los sendo comercializados em tamanhos menores, mas existem diferentes tipos e alguns deles podem chegar até um metro e meio de altura. Outra opção é a Palmeira-Leque, que é uma planta com folhas grandes plissadas e pode chegar até dois metros de altura. Ela se adapta melhor em locais iluminados, mas precisa de rega regularmente.

E por último, a samambaia, uma ótima escolha, pois é uma planta versátil, sendo cultivada em jardins verticais ou até suspensa. Ela vem em diversos tamanhos, gosta de iluminação e deve ser plantada em meia sombra.

Lembrando que ter sua própria horta com seus temperos favoritos e cultivar algumas suculentas nunca sai de moda.

Categorias: