Conheça Nossa Loja Virtual!

Comprar Aqui
Marca Chácara Flor da Suissa 41 3286.4948
Black Week - Flor da Suissa

BLACK WEEK – Flor da Suissa

Na semana dos dias 23 ao dia 28 de Novembro, teremos a Black Week na Chácara Flor da Suissa.

Black Week - Flor da Suissa

A Black Week será uma semana inteira cheia de descontos especiais no Garden Center e na Loja Virtual. Todos os setores da empresa terão produtos em promoção. Para você que ainda não ajeitou seu jardim para o final de ano será imperdível.

Mais informações no site e nas redes sociais. Não Perca!

15.09.20

PREPARANDO O JARDIM PARA A PRIMAVERA

O final do inverno, quando nos aproximamos do início da primavera é um mês muito importante para o jardim. A maioria as plantas se prepara para uma nova brotação e isso vai exigir uma boa adubação para que essas folhas e flores venham lindas e saudáveis.

A grama fica o inverno em dormência para crescer novamente na primavera, por isso é fundamental fazer uma boa adubação no final do inverno, preferencialmente utilizando algum substrato a base de turfa e aplicar um fertilizante com uma concentração um pouco maior de nitrogênio.

Em árvores e arbustos é aconselhável utilizar algum adubo orgânico como húmus ou esterco de aves próximo ao caule e adicionar ainda algum fertilizante na medida da copa, uma vez que as raízes que absorvem os nutrientes acompanham o diâmetro da copa.

Em forrações de flores ou folhagens é aconselhável espalhar também algum adubo orgânico, juntamente com algum fertilizante para floração, no caso de flores, ou um fertilizante mais equilibrado, no caso de folhagens.

Não esqueça que após qualquer adubação é importante sempre molhar bem as plantas, pois a acidez dos adubos pode prejudicar as plantas.

Dessa forma o seu Jardim vai ficar impecável para a primavera.

28.08.20

Aumentar a área verde do jardim

           Existem algumas dicas muito especiais para aqueles que querem aumentar a área verde de seu jardim. Quanto mais verde estiver o seu jardim, mais fresco e harmonioso será o ambiente da sua casa. Para otimizar o espaço verde do jardim pode-se utilizar o concregrama (também conhecido como pisograma), como substituto da calçada  em locais com tráfego de veículos. Outra dica valiosa é a utilização de pisantes para caminhadas no jardim, para substituir a calçada.

            O concregrama é formado por blocos de concreto encaixados um no outro que possuem espaços vazados para colocação de substrato e plantio de gramas ou forrações. O substrato deve conter altos índices de matéria orgânica e fertilidade, pois o espaço para desenvolvimento das raízes é limitado. As principais opções para plantio são grama coreana e grama preta.

           Os pisantes no jardim propiciam um ambiente mais charmoso, principalmente quando são colocados em linhas orgânicas. Eles permitem as pessoas passear pelo jardim sem precisar pisar na grama. Os pisantes podem apresentar diversos desenhos, como borboleta, pegadas, folhas, flores, para deixar o jardim mais divertido e colorido. Os pisantes podem ser feitos de concreto, arenito ou até mesmo de madeira. Para deixar o ambiente mais rústico o uso de dormentes é muito indicado.

31.07.20

COMO DEVO MOLHAR MINHAS PLANTAS?

Essa é com certeza a pergunta que mais escutei como Engenheiro Agrônomo trabalhando com plantas ornamentais. E a resposta que tenho que dar normalmente acaba decepcionando quem pergunta. Depende. Depende da espécie, do tamanho da planta, da luz que ela recebe, da temperatura, da umidade do ar, do vento e da capacidade de retenção de água da terra que foi colocada, da drenagem do vaso, etc… Tudo isso faz com que não exista um número mágico de quantidade de água e número de vezes por semana que vá funcionar para todas as plantas, e nem para mesma planta durante o ano inteiro.

De qualquer forma, vou passar o método do palito de churrasco, que é bem fácil e descomplica um pouco isso. A quantidade de água que se deve colocar nos vasos não varia, coloque sempre o suficiente para passar um pouco pelo dreno de baixo, o que variamos sempre é frequência, e para medir isso usamos esse método.

Pegue um palito de churrasco e enterre na terra, e deixe-o lá por um período de uns 30 minutos. Depois disso tire o palito de lá e conforme a aparência deste é fácil verificar a necessidade de rega ou não. É possível deixar ele sempre na terra e tirar somente nas vezes que for molhar.

A maioria das plantas se adapta melhor em um solo levemente úmido, e a nossa preocupação deve ser com que ele permaneça assim durante todo o tempo, sem passar por períodos encharcados, ou totalmente secos. Se o palito estiver levemente úmido regue a planta normalmente.

Se estiver totalmente seco, molhe e diminua o tempo para a próxima verificação.

Se estiver úmido, não molhe.

Se estiver encharcado não molhe, e verifique se a drenagem do vaso está funcionando. 

O método é bem simples e garante que você está dando a quantidade de água que a planta precisa.

13.07.20

Como aproveitar melhor o seu jardim

O jardim tem a função de embelezar e valorizar a casa, mas muitos esquecem que ele pode ser um excelente ambiente para descanso e higiene mental.

Um paisagismo bem elaborado, com plantas e moveis dispostos em harmonia e em lugares estratégicos, criará um ambiente único que fará você se apaixonar pelo seu jardim.

Abuse de moveis rústicos e confortáveis no meio do seu jardim, como bancos de balanço e espreguiçadeiras. Complete seu jardim com pergolados, treliças e decks para tornar seu jardim natural e confortável.

Além disso, uma cascata com água corrente e peixes dará vida e movimento para seu jardim, além de compor perfeitamente com as plantas. O barulho da água corrente também possui um efeito tranquilizante em nós, tornando o ambiente calmo e agradável.

Para finalizar, componha seu jardim com peças que farão você passar tempo no seu jardim, como uma churrasqueira, mesa para jogar cartas ou até mesmo uma rede para ficar apreciando o jardim. Dessa forma você poderá aproveitar todo encanto que a natureza pode nos proporcionar. Viva seu Jardim!

29.06.20

Como cuidar do seu jardim no inverno

No Brasil o frio não é tão rigoroso, mas quando falamos de Curitiba, o cenário já muda. O vento é mais gelado e com o aumento da umidade do solo, faz com que as plantas sintam a mudança de clima e precisem de um tratamento apropriado para a estação.

Diminua a água

A primeira medida a ser adotada no inverno é diminuir a quantidade que é colocada nas plantas. Pois as temperaturas baixas contribuem para que haja menos evaporação. Sendo assim as espécies precisam de menos regas do que em outras épocas do ano. Para verificar a necessidade de água, siga essa dica: coloque um palito de madeira/bambu na terra e antes de fazer a rega, retiro o palito e verifique como está o solo, se o solo estiver seco, regue. 

Barreira para o vento

Um dos maiores inimigos das plantas são os ventos, pois eles arrancam folhas e galhos, levam a terra embora e derrubam vasos. E no inverno, eles se tornam ainda piores. Para proteger as espécies mais delicadas, procure montar uma barreira na área externa (ex: um muro verde), colocando as plantas mais altas e mais resistentes nos locais que recebem as rajadas mais fortes.

Proteção demais atrapalha

É essencial bloquear a ação de ventos fortes, nem por isso é necessário levar todas as plantas para dentro de casa, pois as plantas externas são acostumadas a viver ao ar livre. Mas vale lembrar que caso haja a previsão de geada, se torna uma boa ideia colocar os vasos da área externa em um espaço coberto e mais aquecido. Caso contrário, faça a proteção normalmente, sem exageros.

20.03.20

Comunicado – Covid-19

A Flor da Suissa esta atenta aos acontecimentos referentes ao coronavírus e está tomando todas as medidas possíveis para ajudar no combate a pandemia. A princípio continuamos atendendo aos clientes, seguindo todas restrições e instruções das autoridades.

Como medidas para combater o Covid-19, estamos tomandoas seguintes ações:

  • Incentivamos os clientes a fazer os pedidos pelo whatsapp ou telefone
  • Disponibilizamos álcool em gel para equipe e clientes
  • Mantemos o ambiente da empresa ventilado
  • Alguns funcionários já estão trabalhando em casa

Estamos atentos as instruções das autoridades, e qualquer novidade informaremos pelo site e redes sociais.

Como molhar plantas

26.02.20

Como Molhar as minhas Plantas

Uma das dúvidas mais frequentes daqueles que gostam de cuidar do seu jardim, aprenda, com uma dica sensacional, como molhar adequadamente suas plantas.

Essa é com certeza a pergunta que mais escutei como Engenheiro Agrônomo trabalhando com plantas ornamentais. E a resposta que tenho que dar normalmente acaba decepcionando quem pergunta. Depende. Depende da espécie, do tamanho da planta, da luz que ela recebe, da temperatura, da umidade do ar, do vento e da capacidade de retenção de água da terra que foi colocada, da drenagem do vaso, etc… Tudo isso faz com que não exista um número mágico de quantidade de água e número de vezes por semana que vá funcionar para todas as plantas, e nem para mesma planta durante o ano inteiro.

Como molhar plantas

De qualquer forma, vou passar o método do palito de churrasco, que é bem fácil e descomplica um pouco isso. A quantidade de água que se deve colocar nos vasos não varia, coloque sempre o suficiente para passar um pouco pelo dreno de baixo, o que variamos sempre é frequência, e para medir isso usamos esse método.

Pegue um palito de churrasco e enterre na terra, e deixe-o lá por um período de uns 30 minutos. Depois disso tire o palito de lá e conforme a aparência deste é fácil verificar a necessidade de rega ou não. É possível deixar ele sempre na terra e tirar somente nas vezes que for molhar.

Como molhar plantas

A maioria das plantas se adapta melhor em um solo levemente úmido, e a nossa preocupação deve ser com que ele permaneça assim durante todo o tempo, sem passar por períodos encharcados, ou totalmente secos. Se o palito estiver levemente úmido regue a planta normalmente.

Se estiver totalmente seco, molhe e diminua o tempo para a próxima verificação.

Se estiver úmido não molhe.

Se estiver encharcado não molhe, e verifique se a drenagem do vaso está funcionando.  

            O método é bem simples e garante que você está dando a quantidade de água que a planta precisa.

Como cuidar de suculentas

29.01.20

Como Cuidar de Suculentas

Está cansado que suas flores morrem sempre quando você esquece alguns dias de molhar? As suculentas podem ser a solução para o seu problema, e sem perder a beleza das cores e formas que são necessárias a uma jardineira na frente de casa, ou um vaso no centro de uma mesa.

As suculentas têm como principal característica guardar grande quantidade de água nas folhas, sendo assim as regas não precisam ser tão frequentes e um dia de sol intenso não vai acabar com elas.

Como cuidar de suculentas

Elas também são plantas que ocupam pouco espaço, o que torna propício fazer um lindo jardim de suculentas dentro de um pequeno vaso de vidro. Também são plantas fáceis de replicar, sendo que uma só folha pode gerar uma planta igual a mãe.

Mas existem alguns cuidados que precisam ser tomados. Se você já teve uma suculenta e morreu, provavelmente foi porque não seguiu dois simples princípios.

Como cuidar de suculentas

O primeiro é que elas gostam de muita luz natural, ou seja, luz do sol. No ambiente externo, quanto mais sol elas tomarem, melhor elas vão se desenvolver, já em ambientes internos, só vai dar certo se estiver próximo de janelas.

O segundo é que elas gostam de pouca água. Mas antes de pensar em quanta água é preciso colocar, há um fator ainda mais importante a ser pensado, que é a escolha do substrato. Não pode haver acumulo de água, portanto, ele precisa ser leve e bem drenado. Mas também precisa de matéria orgânica e adubo para se desenvolver. Muitas pessoas recomendam misturas com areia e mais algum componente com bastante matéria orgânica. Não é um substrato ruim, mas vou recomendar o forth condicionador floreiras, que é um substrato muito mais leve, e não precisa perder tempo fazendo misturas, além disso, tem boa retenção de nutrientes e de água, deixando o solo sempre úmido, mas não encharcado.

Como cuidar de suculentas

Quanto ás regas, molhe sempre que o solo apresentar se seco, e molhe em pouca quantidade (as vezes borrifar água pode ser o bastante). Em épocas quentes deve ser uma a duas vezes por semana; em épocas mais frias, uma vez a cada 15 dias deve bastar.

Uma ampla variedade de suculentas e todos os componentes necessários podem ser encontrados em nossa loja, venha fazer uma visita!

Workshop - Cactos e Suculentas

2º Festival de Cactos e Suculentas

A Chácara Flor da Suissa irá realizar o 2º Festival de Cactos e Suculentas! O evento será no Garden Center da Chácara Flor da Suissa e será do dia 01 ao dia 15 de fevereiro. Entre as atrações do Festival estão uma exposição de cactos e suculentas e um workshop sobre cuidados de cactos e suculentas. Imperdível!

Exposição de Cactos e Suculentas

Uma exposição especial com mais de 100 variedades de cactos e suculentas, diversas espécies raras, terrários, arranjos, fertilizantes e muito mais para você se encantar com o mundo dos cactos e suculentas! A exposição irá ocorrer entre os dias 01 e 16 de fevereiro na Chácara Flor da Suissa. 

Workshop – Como Cuidar de Cactos e Suculentas

Para aqueles que querem saber como cuidar melhor de seus cactos e suculentas, no dia 08 de fevereiro ocorrerá um workshop na Chácara Flor da Suissa. A inscrição tem o valor de R$ 50,00, que será revertido em vale compras durante o período do festival. As inscrições poderão ser feitas no Garden Center da Chácara Flor da Suissa ou abaixo. Não perca, as vagas são limitadas!

Inscrições Aqui

Plantas para banheiro

15.08.19

Plantas para Banheiro

Um banheiro com alguma folhagem verde é sempre mais aconchegante e bonito, mas nem todas as plantas conseguem se adaptar a um banheiro ou lavabo.

A maior dificuldade é que, na maioria dos casos, as janelas são pequenas. Dessa forma é necessário que se opte com plantas que se desenvolvam bem na sombra.

Além disso, se houver chuveiro, a alta umidade do ar propicia o aparecimento de fungos e outras doenças.

Também há uma tendência de as pessoas esquecerem de molhar as plantas do banheiro, portanto espécies que não necessitam de muitos cuidados são mais recomendáveis. Dentro dessas características, listaremos algumas opções.

Se o banheiro for grande, é possível colocar um vaso em algum canto, contendo plantas como a espada de são jorge, o bambu da sorte, a jiboia ou a zamioculca

Se o banheiro é pequeno, uma pequena planta sobre o balcão pode deixar o ambiente muito mais agradável. Todas as espécies citadas para banheiros grandes também podem ser encontradas em mudas de pequeno porte. Além delas também são boas opções a avenca, a samambaia, a camila e as bromélias gusmania e tilandsia.

Vale ressaltar que, com o tempo, plantas em locais internos podem perder um pouco do vigor. O segredo para manter elas sempre bonitas é ter pelo menos uma planta de reposição no ambiente externo, trocando as de posição quando for necessário.

Flor simbolo do brasil - ipê amarelo

04.07.19

Flor Simbolo do Brasil

 Você sabe qual é a Flor símbolo do Brasil?

   A flor símbolo do Brasil é o Ipê amarelo, decretada por lei pelo então presidente Jânio Quadros, em 1961.

   Essa árvore possui muito em comum com o Brasil, a começar pelo verde de suas folhas e o amarelo de suas flores, que lembram a bandeira nacional.

   Cada região possui suas espécies características, como a castanheira para o norte do país, e o pinheiro do Paraná para sul. Já o ipê amarelo pode ser encontrado em todos os estados do Brasil, o que reforça sua identificação com todas as regiões do país.

   Existem várias espécies de ipê amarelo, aprofundaremos mais a respeito daquela que é a mais utilizada no paisagismo.

   Estamos falando da Tabebuia chrysotricha, uma espécie de ipê amarelo nativa da mata atlântica, ocorrendo desde o sul do Brasil, até o litoral do Nordeste.

   É uma árvore de médio porte, cujo tamanho não chega a entrar em conflito com a fiação elétrica. Também não tem raízes agressivas, sendo excelente para ser plantada próximo a calçadas. Essas duas características fazem com que ela seja ideal na arborização urbana.

   No outono ela perde todas suas folhas. Mas elas são substituídas no fim do inverno por uma espetacular floração amarela, anunciando a chegada da primavera. São tantas flores que chega a fazer um tapete amarelo em calçadas e na grama, embelezando o jardim mesmo quando suas flores já caíram.

   Plante um Ipê Amarelo e faça de seu jardim um local mais alegre e bonito.